Fisioterapia Manipulativa/ Terapia Manual

A Fisioterapia Manipulativa é um método onde, de maneira habilidosa, as mãos do fisioterapeuta são usadas para examinar, avaliar e tratar restrições dolorosas de movimento.

Nas condições Neuromuscoloesqueléticas, uma área especializada da fisioterapia, é utilizada nos tratamentos abordagens específicas , incluindo técnicas manuais e exercícios terapêuticos, baseados em raciocínio clinico e evidências científicas.

Contamos com técnicas abrangentes para cada caso:

Maitland – O conceito Maitland de Fisioterapia Manipulativa é um método de exame e tratamento internacionalmente reconhecido de pacientes com dor e restrição de movimento, afetando as articulações, músculos e nervos da coluna e dos membros superiores e inferiores (IMTA, 2008).

O método atende da prevenção à cura de limitações articulares, promovendo a restauração do movimento perdido e alívio da dor instalada, seja ela aguda ou crônica.

R.P.G. – Reeducação Postural Global.
Baseia-se em 3 princípios fundamentais:
• Individualidade: cada ser humano é único e reage de forma diferente.
• Casualidade: a causa do problema pode estar diante dos sintomas ( causa/consequência)
• Globalidade: trata-se o individuo como um todo, identifica as responsabilidades das retrações musculares nas patologias neuromusculoesqueleticas.

Dry Needling – Agulhamento Seco – É focado especialmente no tratamento de condições musculoesqueléticas, através de inibição de pontos gatilhos e ação nos mecanismos neurofisiológicos da dor, que visa a inserção de agulha diretamente em pontos específicos do músculo.

Liberação Miofascial – É um conjunto de técnicas que visa corrigir as alterações miofasciais existentes no indivíduo.
Fáscia é uma membrana de tecido conectivo que se espalha tridimensionalmente pelo corpo sem interrupções.
A técnica tem como objetivo deixar o tecido mais complacente, permitindo realinhamentos estruturais e aumento da mobilidade geral.
Indicado tanto para tratamento de dores como para melhora da performance de atletas.

Mobilização Neural – A Mobilização Neural ou Neurodinâmica tem como objetivo avaliar e reabilitar disfunções do sistema nervoso, proporcionando a fisiologia neural normal, de conduções nervosas e mobilidade intrinsica.

Estabilização Segmentar – Através de exercícios clínicos terapêuticos, a técnica promove estabilidade articular, prevenção, alivio e cura da dor, auxiliando no melhor desempenho das atividades diárias e esportivas.